Site Meter Microsoft apresenta o "Relatório de Inteligência de Segurança" referente ao primeiro semestre de 2008 - Negócio de Risco - Site Home - TechNet Blogs

Negócio de Risco

Blog do Time de Segurança da Microsoft Brasil

Microsoft apresenta o "Relatório de Inteligência de Segurança" referente ao primeiro semestre de 2008

Microsoft apresenta o "Relatório de Inteligência de Segurança" referente ao primeiro semestre de 2008

  • Comments 1
  • Likes

 

A Microsoft está divulgando hoje a quinta edição do “Relatório de Inteligência de Segurança” que, de forma exclusiva, traz informações detalhadas sobre o cenário de vulnerabilidades (pontos fracos em sistemas que podem permitir que um invasor comprometa sua integridade, disponibilidade ou confidencialidade) e ameaças praticadas por meio de crimes na Internet. Dados relacionados aos ataques com malwares realizados contra usuários brasileiros servem de base para a elaboração do estudo. Com números referentes ao primeiro semestre de 2008 e proveniente de centenas de milhares de computadores ao redor do mundo, o material, cujo objetivo é possibilitar uma maior conscientização sobre crimes na Internet, mostra que embora tenha ocorrido uma evolução por parte da Microsoft e outras empresas da indústria na proteção de clientes relacionadas a ameaças online, os riscos para empresas e consumidores continuam a evoluir.

O estudo utilizou informações publicadas em sites internacionais relacionadas às vulnerabilidades, dados, segurança e suporte, sendo que o resultado indica um aumento de mais de 92% de computadores brasileiros que reportaram a presença de algum tipo de malware ou softwares potencialmente indesejados. Onde, as ameaças utilizadas para roubo de identidade (logins e senhas) de bancos, os trojans Win32\bancos e Win32\banker, lideraram o “ranking” das principais ameaças detectadas, estando presentes em mais de 60% das máquinas nacionais que apresentaram algum tipo de malware ou softwares potencialmente indesejados. Entre as famílias das 10 principais ameaças identificadas no Brasil, sete são malwares (Trojans e Worms) e as outras três são softwares potencialmente indesejados (Adwares, Spywares, etc). No ranking mundial de ataques de malwares, que é liderado pelo Afeganistão, o Brasil ocupa a 6ª colocação.

Já a quantidade total de softwares mal-intencionados e potencialmente indesejados removidos de computadores em todo o mundo cresceu aproximadamente 43% no primeiro semestre deste ano. Um aumento contínuo nas ferramentas de download do tipo “cavalo de tróia” e nos vírus de alta gravidade comprovam a vontade de criminosos em obter os dados bancários dos usuários. O estudo indica que os ataques ocorrem cada vez mais por meio de aplicativos, cerca de 90%, e menos via sistema operacional, aproximadamente 10%. O relatório também teve como característica o fato de que as vulnerabilidades dos programas de software da Microsoft registraram uma diminuição de 33,6% também no primeiro semestre de 2008 se comparado ao mesmo período do ano anterior. O estudo ressalta que as soluções Microsoft Forefront Client Security, Microsoft Exchange, Hosted Filtering, Windows Live OneCare, Safety Scanner, Windows Defender e Windows Malicious Software Removal Tool (MSRT) foram essenciais na detecção e na remoção dessas ameaças.

Com base nos principais levantamentos do estudo, a Microsoft recomenda que os usuários utilizem essas informações para melhorar as práticas de segurança. Entre as ações indicadas estão:

·         Verificar e aplicar regularmente as atualizações de software, inclusive àquelas voltadas aos aplicativos de terceiros;

·         Ter um firewall sempre ativo;

·         Instalar e manter programas atualizados de antivírus e antispyware que ofereçam maior proteção contra programas de software mal-intencionados e potencialmente indesejados;

·         Ter cuidado ao abrir links e anexos originados de e-mails e mensagens instantâneas. Fazer isso mesmo quando a fonte for conhecida e confiável.

 

A partir dos comentários feitos pelos clientes sobre relatórios anteriores, a Microsoft adotou uma metodologia diferente neste volume, criando um documento básico com a inclusão de apêndices que trazem explicações e análises mais abrangentes. Para consultar o Relatório de Inteligência de Segurança da companhia e outros dados relacionados ao tema, em inglês, favor acessar o link a seguir: http://www.microsoft.com/sir. Os interessados em ter informações mais específicas, em português, de como proteger o seu computador também podem obtê-las por meio do site http://www.microsoft.com/brasil/protect/computer/spyware/default.mspx .

Your comment has been posted.   Close
Thank you, your comment requires moderation so it may take a while to appear.   Close
Leave a Comment