Passados três anos sobre o lançamento do Windows 7, a Microsoft mostra agora o que está a preparar com a versão que irá suceder a esse sistema operativo.

Os tablets estão a dominar o mercado e apontam para um futuro onde a necessidade de interligação entre equipamentos é um dado aquirido e não uma possibilidade. Essa é a aposta da Microsoft, criar uma interligação entre todos os aparelhos existentes e que irão aparecer no mercado.

Houve um longo caminho desde a primeira versão do Windows até ao Windows 8 (nome que ainda não é definitivo). O mundo mudou e hoje o que se espera de um sistema operativo é que ele possa funcionar em equipamentos tão distintos como o computador que está em sua casa e no seu telemóvel. A Microsoft já estava preparada para isso quando ainda nem se falava em tablets: “A função de touchscreen já estava presente no Windows 7, quando nem o iPad nem nenhum outro tablet estavam no mercado” - Steven Sinofsky.