Projecto criado no âmbito do MLDC – Microsoft Language Development Center, o Centro de I&D que a Microsoft dispõe em Portugal desde 2005 a trabalhar na área do processamento da fala, o LUL - Living Usability Lab, ou Laboratório Vivo de Utilização de Tecnologias Inovadoras para as Redes de Nova Geração (http://www.livinglab.pt/), é um projecto nacional de I&D colaborativa co-financiado pelo QREN, liderado pela Microsoft e que tem como objectivo fornecer e avaliar serviços inovadores e tecnologias para melhorar a qualidade de vida da população sénior, de pessoas com necessidades especiais e da população em geral.

Trata-se de um projecto de I&D colaborativa co-financiado pelo programa QREN (Quadro de Referência Estratégico Regional), liderado pela Microsoft e desenvolvido por um consórcio de mais 2 empresas tecnológicas (Plux, Micro-IO) e 4 universidades e institutos portugueses (Universidade de Aveiro, IEETA, Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e INESC Porto). Este novo projecto englobado nas iniciativas do QREN com co-financiamento do FEDER através do COMPETE - Programa Operacional Factores de Competitividade, conta com um investimento de 1.256.854 Euros (68,7% apoiado pelo QREN) e tem o objectivo de criar um laboratório distribuído, integrando utilizadores reais, que permita o desenvolvimento de novos serviços de carácter universal, utilizando interfaces inteligentes com o utilizador.

Como prioritária foi seleccionada a área de apoio à população sénior activa, visando o fornecimento e a avaliação de serviços e tecnologias para melhorar a qualidade de vida desta população e, ainda, de pessoas com necessidades especiais e da população em geral.

 http://www.microsoft.com/portugal/presspass/press/2010/jul10/07-13lul.mspx