Artigo original publicado na terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Resumo: este artigo fornece um resumo da personalização de Clique para Executar no Office 365 e fala sobre como usar o AppLocker e AppHelp para personalização em nível de aplicativos.

Clique para Executar é uma tecnologia de streaming e virtualização desenvolvida para reduzir consideravelmente o tempo necessário para baixar e usar produtos clientes do Office.

A tecnologia Clique para Executar dos produtos Office 365 tem como base as tecnologias centrais de virtualização e streaming Microsoft App-V (Application Virtualization). Os recursos Clique para Executar são executados em um ambiente virtual isolado no sistema operacional local.

Para personalizar as configurações da instalação Clique para Executar do Office 365 em uma implantação local do Office 365 ProPlus, os administradores inscritos no Office 365 podem usar a Ferramenta de Implantação do Office. Você pode baixar essa ferramenta no site do Microsoft Download Center. O download inclui um arquivo Configuration.xml de exemplo. Para personalizar uma instalação Clique para Executar do Office 365, execute a Ferramenta de Implantação do Office e forneça um arquivo de configuração Configuration.xml personalizado. A Ferramenta de Implantação do Office executa as tarefas especificadas utilizando as propriedades opcionais do arquivo de configuração.

Você pode especificar as seguintes opções de instalação Clique para Executar no arquivo Configuration.xml:

  • Produto e idiomas para instalar ou remover
  • Caminho de origem
  • Nível da interface do usuário para exibição
  • Opções de registro em log
  • Comportamento das atualizações de produto

Para obter mais informações, consulte Visão geral da personalização de Clique para Executar.

Gerenciando configurações de usuário e computador de Clique para Executar do Office 365

Para gerenciar as configurações de usuário e computador que deseja aplicar em Clique para Executar do Office 365, você deve usar a Política de Grupo. Ela é a ferramenta recomendada para aplicar configurações de usuário e computador tanto no Office 2013 baseado em Windows Installer (MSI) quanto em Clique para Executar do Office 365.

observação Observação:

Caso deseja definir as configurações padrão iniciais de instalações MSI do Office 2013 licenciadas por volume, você poderá usar a OCT (Ferramenta de Personalização do Office) para personalizar recursos e definir configurações de usuário. Os usuários podem alterar a maioria das configurações após a instalação.

Em um ambiente do Active Directory, os administradores aplicam configurações de políticas a grupos de usuários e computadores em um site, domínio ou unidade organizacional à qual um objeto de Política de Grupo está vinculado. As configurações de política são registradas nos locais de chave de Registro aprovados para a política, e essas configurações possuem restrições de ACL (lista de controle de acesso) que impedem que aqueles que não sejam administradores as alterem. Os administradores usam a Política de Grupo para criar configurações de desktop com grandes restrições ou gerenciamento brando, dependendo dos requisitos específicos de segurança e negócios. As configurações de Política de Grupo têm prioridade sobre as configurações de personalização do Office feitas pelo usuário. A OCT é usada para personalizar instalações baseadas no Windows Installer.

Para obter informações sobre Política de Grupo e modelos administrativos do Office 2013, consulte os seguintes recursos:   

Você pode baixar os modelos administrativos aqui: Arquivos de modelo administrativo do Office 2013 Preview (ADMX/ADML) e Ferramenta de Personalização do Office. O download inclui uma planilha de Excel (office2013grouppolicyandoctsettings.xslx) que descreve as configurações de Política de Grupo e OCT.

Sobre a personalização em nível de aplicativo para instalações Clique para Executar

A tecnologia Clique para Executar não pode ser personalizada em nível de aplicativos. Porém, há algumas opções:

Utilizando o AppLocker para bloquear aplicativos Clique para Executar

Você pode usar o AppLocker para controlar quais aplicativos e arquivos os usuários podem executar. Entre eles, estão arquivos executáveis, scripts, arquivos do Windows® Installer, DLLs e aplicativos/instaladores em pacotes. É possível, por exemplo, usar o AppLocker para impedir que os usuários executem o Access 2013 Clique para Executar.

Em um ambiente do Active Directory, se você estiver usando uma Política de Grupo para gerenciar configurações de usuários, o AppLocker será a solução ideal para gerenciar computadores com Windows. O AppLocker utiliza a Política de Grupo para criação e implantação. Para ver uma lista de sistemas operacionais Windows com suporte e requisitos de sistema, consulte "Versões, interoperabilidade e diferenças na funcionalidade" em Visão geral técnica do AppLocker. O AppLocker faz parte das edições de nível empresarial do Windows.

Para obter informações detalhadas sobre o uso do AppLocker, consulte os seguintes recursos:

Recurso

Aplica-se a:

Guia passo a passo do AppLocker

Windows 7, Windows 8, Windows Server 2008 R2, Windows Server 2012

Guia de design de políticas do AppLocker

Windows 7, Windows 8, Windows Server 2008 R2, Windows Server 2012

Guia de implantação de políticas do AppLocker

Windows 7, Windows 8, Windows Server 2008 R2, Windows Server 2012

Administrando o AppLocker

Windows 8, Windows Server 2012

Gerenciar pacotes de aplicativos com o AppLocker

Windows 8, Windows Server 2012

Usar os cmdlets de Windows PowerShell do AppLocker

Windows 8, Windows Server 2012

AppLocker

Windows 7, Windows Server 2008 R2

Utilizando os cmdlets de Windows PowerShell do AppLocker

Windows 7, Windows Server 2008 R2

Guia de operações do AppLocker

Windows 7, Windows Server 2008 R2

Utilizando os cmdlets de Windows PowerShell do AppLocker

Windows 7, Windows Server 2008 R2

Vídeo: Demonstração do AppLocker

Windows 7

Usando as mensagens de bloqueio do AppHelp no Administrador de Compatibilidade

As organizações sem versões do Windows Enterprise podem usar as mensagens de bloqueio forçado do AppHelp para evitar a execução de aplicativos específicos do Office 365 ProPlus. Este é o mecanismo interno que o Windows usa para bloquear a inicialização de aplicativos incompatíveis ou problemáticos. Você pode usar o Administrador de Compatibilidade como parte do Application Compatibility Toolkit para habilitar bloqueios forçados.

O Administrador de Compatibilidade ajuda a solucionar possíveis problemas de compatibilidade de aplicativos antes da implantação de uma nova versão do Windows em sua organização. Essa ferramenta fornece os seguintes recursos:

  • Correções de compatibilidade, modos de compatibilidade e mensagens do AppHelp que você pode usar para solucionar problemas específicos de compatibilidade. Uma mensagem de texto do AppHelp é uma mensagem de bloqueio ou sem bloqueio que aparece quando um usuário iniciar um aplicativo com problemas conhecidos de funcionalidade no sistema operacional Windows®.
  • Ferramentas para a criação de correções de compatibilidade, modos de compatibilidade, mensagens do AppHelp e bancos de dados de compatibilidade personalizados.
  • Uma ferramenta de consulta que você pode usar para pesquisar correções de compatibilidade instaladas nos computadores locais.

Uma mensagem de bloqueio do AppHelp impede a inicialização do aplicativo e exibe uma mensagem ao usuário. Você pode definir uma URL específica, onde o usuário poderá baixar um driver atualizado ou outra correção que solucione o problema. Quando você usa uma mensagem de bloqueio do AppHelp, também é preciso definir as informações de correspondência de arquivo para identificar a versão do aplicativo e permitir a execução da versão corrigida.

Para obter mais informações sobre o uso do Administrador da Compatibilidade e criação de mensagens do AppHelp, consulte os seguintes recursos:

Para obter mais informações sobre o Office 365 ProPlus, consulte Office 365 ProPlus

Esta é uma postagem de blog traduzida. Consulte o artigo original em How to customize Click-to-Run for Office 365 products