Artigo original publicado na terça-feira, 18 de setembro de 2012

Olá a todos,image

Meu nome é Sam Chung e sou gerente de programa do SharePoint Designer. Neste blog, falaremos sobre uma excelente nova funcionalidade agora totalmente disponível com o recurso Importar/Exportar do Visual Designer.

Introdução:

Muitos desenvolvedores um dia se deparam com a necessidade especial de distribuir seus fluxos de trabalho, principalmente a necessidade de transferir os fluxos de trabalho entre sites. Essa necessidade pode surgir por vários motivos, sendo o mais comum a necessidade de transferir um fluxo de trabalho entre os ambientes de desenvolvimento, preparação e produção. Seja qual for o motivo, gostaria de aproveitar este artigo para ajudá-lo quando precisar transferir seus fluxos de trabalho de um site para outro.

Porém, antes de começarmos, leia os seguintes artigos:

O primeiro é uma visão geral do Visual Designer:

http://msdn.microsoft.com/en-us/library/jj163272(office.15).aspx

Você precisa ler o artigo acima para entender como o Visual Designer funciona.

O próximo artigo explica como empacotar listas e fluxos de trabalho usando o recurso de empacotamento:

http://blogs.technet.com/b/office_br/archive/2012/10/11/empacotando-fluxos-de-trabalho-de-lista-site-e-reutiliz-225-vel-e-como-implantar-o-pacote.aspx

Você precisa entender o artigo acima para saber como empacotar qualquer lista referenciada pelo seu fluxo de trabalho.

Criando um fluxo de trabalho

Seu fluxo de trabalho pode ser qualquer um. Não há uma limitação técnica em termos do que pode ser transferido. No entanto, observe os pontos a seguir para evitar problemas de publicação e de tempo de execução:

1. Verifique se todos os objetos referenciados no fluxo de trabalho existem em um site de destino.

a. Leia o artigo sobre empacotamento para saber como empacotar suas listas

2. Verifique se todas as ações usadas no site de origem existem no site de destino

a. Se houver ações personalizadas existentes no site de origem, você precisará transferi-las para o site de destino antes de transferir o fluxo de trabalho

3. Não é possível transferir fluxos de trabalho do Project de um site do PWA para um site que não seja do PWA.

a. O SPD impedirá isso durante a importação se detectar que um fluxo de trabalho do Project está sendo importado para um site que não é do PWA.

b. Há uma grande quantidade de dados extras em um fluxo de trabalho do Project e, portanto, eles só devem ser transferidos de um site do PWA para outro site do PWA

Neste blog, usarei como exemplo um fluxo de trabalho bastante simples. Habilitarei uma lista de ideias para um evento. Criarei um fluxo de trabalho simples que será usado na lista "Ideias do Evento". Os usuários inserirão um novo item da lista para cada ideia que tiverem. Depois que eles preencherem todas as informações necessárias, indicarão que o item está pronto para revisão. Nesse ponto, o fluxo de trabalho será iniciado e solicitará que determinados aprovadores aceitem ou rejeitem a ideia.

A lista que usarei é a seguinte:

imagem

Veja que a lista tem as seguintes colunas:

· Ideia de evento

o Cadeia de caracteres de linha única

· Local

o Cadeia de caracteres de linha única · Custo

o Moeda

· Status

o Campo de opções

O fluxo de trabalho propriamente dito tem a seguinte aparência:

imagem

O fluxo de trabalho irá:

clipe_imagem002[15]

· Registrar no histórico que estamos no primeiro estágio

· Verificar se o campo da coluna Status está definido como "Pronto para revisão"

o  Se não estiver, aguardar até que seja definido como "Pronto para revisão"

clip_image002[17]

· Registrar no histórico que agora estamos atribuindo tarefas para revisar a ideia

· Atualizar a coluna de status para "Em revisão"

· Atribuir tarefas

clipe_imagem002[21]

· Se a ideia for aprovada, passaremos para este estágio em que registraremos no histórico que a ideia foi aprovada

· Definir a coluna Status como “Aceita”

clipe_imagem002[23]

· Se a ideia for rejeitada, passaremos para este estágio em que registraremos no histórico que a ideia foi rejeitada

· Definir o status da coluna como “Rejeitada”

Exportando o fluxo de trabalho

Agora que já temos um fluxo de trabalho, iremos exportá-lo. Para isso, clicamos no botão da faixa de opções
“Exportar para o Visio”.

image

OBSERVAÇÃO: a ação de pressionar o botão Exportar primeiramente salva o fluxo de trabalho no servidor e depois inicia o recurso de exportação. Isso acontece para garantir que o fluxo de trabalho esteja sincronizado com a versão do servidor no momento da exportação.

Quando esse botão for pressionado, a seguinte caixa de diálogo será exibida:

imagem

Selecione onde você deseja salvar o arquivo e pressione o botão "Salvar".

Seu diagrama do Visio agora está salvo no local selecionado. Se desejar, você pode abrir o diagrama diretamente no Visio 2013.

Observação: neste exemplo, exportamos o fluxo de trabalho do Visual Designer, mas também poderíamos tê-lo exportado dos seguintes locais:

· Designer baseado em texto

· Página de configurações de fluxo de trabalho

· Galeria de fluxos de trabalho

Porém, em todos esses exemplos, é necessário que o Visual Designer esteja habilitado. Além disso, para que isso aconteça, o Visio 2013 Professional deve estar instalado na mesma máquina que o SharePoint Designer 2013.

Importando o novo fluxo de trabalho

Agora que você já exportou seu fluxo de trabalho, poderá abrir outro site do SharePoint 2013 no SharePoint Designer 2013 e importá-lo. Veja a seguir as etapas que executará:

1. Conecte o SPD a um novo site

2. Clique em “Fluxos de trabalho” no painel de navegação

imagem

3. Pressione a metade inferior do botão da faixa de opções "Importar do Visio" e selecione a opção "Importar Diagrama do Visio 2013"

imagem

4. A caixa de diálogo padrão Abrir arquivo será exibida. Procure e abra o diagrama exportado.

imagem

5. A caixa de diálogo “Criar Fluxo de Trabalho” será exibida

a. Dê um nome ao fluxo de trabalho

b. Se desejar, digite uma descrição

c. Observe que a seção Tipo de Fluxo de Trabalho está bloqueada na opção “Fluxo de Trabalho de Lista”. Isso acontece porque o SPD detectou que o fluxo de trabalho importado é de lista, fazendo com que o tipo de fluxo de trabalho correto fosse automaticamente selecionado. Se você importasse um diagrama do Visio totalmente novo (um fluxo de trabalho que nunca houvesse passado pelo SPD), essa opção estaria habilitada.

d. Como este é um fluxo de trabalho de lista, a opção para selecionar qual lista será associada ao fluxo de trabalho está habilitada. Selecione uma lista. Essa opção só é habilitada para fluxos de trabalho de lista. Idealmente, você também teria exportado e importado uma lista e, nesse caso, poderia simplesmente selecionar a mesma lista na qual estava trabalhando no site anterior.

e. Pressione OK

imagem

6. O diagrama do fluxo de trabalho será exibido, exatamente como antes.

a. Toda a lógica do fluxo de trabalho terá sido preservada

b. Todas as propriedades de ações terão sido preservadas

c. Todas as variáveis locais terão sido preservadas

7. Agora você pode continuar editando seu fluxo de trabalho. Porém, antes de publicá-lo, leia a próxima seção.

Trabalho pós-implantação antes da publicação

Depois que você importar seu fluxo de trabalho de outro site, não poderá publicá-lo imediatamente. Embora isso talvez funcione sem erros, é quase certo que o fluxo de trabalho falhará durante o tempo de execução. Depois de importar o fluxo de trabalho, execute/verifique as etapas a seguir:

1. Vá para a página de configurações de fluxo de trabalho e atualize a lista de tarefas e a lista de histórico

a. Se você olhar agora, perceberá os rótulos "Nova lista de tarefas" e "Nova lista de histórico". No entanto, devido a uma alteração de falha consecutiva tardia, quando você publicar seu fluxo de trabalho, ele não criará novas listas de tarefas ou histórico, o que causará um erro no fluxo de trabalho em tempo de execução.

imagem

b. Já deverá haver listas de tarefas e histórico existentes para seleção. Escolha as desejadas.

Observação: se você realmente desejar criar uma nova lista de tarefas ou histórico, clique em uma lista diferente primeiro e depois selecione novamente a opção Nova lista de tarefas/histórico. Isso exibirá pop-ups perguntando se você realmente deseja criar uma nova lista. Após sua confirmação, o SPD criará as novas listas imediatamente.

2. Corrija as pesquisas

a. Se você não tiver transferido suas listas junto com o arquivo VSDX, provavelmente associará seu fluxo de trabalho a uma lista completamente diferente. Desse modo, se você havia referenciado propriedades ou itens de lista, pode ser necessário corrigi-los.

imagem

b. Você pode solucionar isso empacotando sua lista do site original e implantando-a no novo site antes de importar o fluxo de trabalho. Para saber mais sobre o empacotamento de listas, consulte este blog: Empacotando listas, sites e fluxos de trabalho reutilizáveis e como implantar o pacote

3. Verifique se há ações personalizadas no fluxo de trabalho que não existem no novo site

a. Se houver ações personalizadas no fluxo de trabalho, certifique-se de implantá-las no novo site antes de importar o fluxo de trabalho.

4. Para fluxos de trabalho do Project: transfira seus estágios, fases, PDPs e campos personalizados antes de importar o fluxo de trabalho.

a. Fluxos de trabalho do Project exigem que todos os objetos do Project anteriores sejam transferidos do site antigo para o novo. Consulte os blogs do Project para saber mais sobre como transferir objetos do Project.

Depois que resolver essas questões, você não deverá ter problemas para publicar e executar o fluxo de trabalho no novo site.

Espero que você tenha achado este artigo útil. Sinta-se à vontade para deixar comentários abaixo.

Obrigado,

Sam

Esta postagem do blog é traduzida. Veja o artigo original em How to use SharePoint Designer 2013's Visual Designer to Move Workflows Between Sites