Por Djam Bakhshandegi, Cidadania Corporativa e Partners in Learning África Ocidental Oriental e Central & Ilhas do Oceano Índico

Em 10 de Setembro 2013, o programa educacional emblemático da Microsoft, Partners in Learning (PiL), celebrou o seu 10o aniversário. Celebrámos 10 anos a auxiliar educadores e estudantes a ligarem-se, colaborar, criar e partilhar. 10 anos a fornecer ferramentas e tecnologia que ensinam competências críticas para o século 21. E 10 anos a fornecer aos educadores recursos que os auxiliam a fazer o que fazem melhor – desenvolver as vossas mentes.

PiL em África

Se bem que PiL seja uma iniciativa global, tem um lugar particularmente pertinente – e especial – em África. Os países Africanos reconheceram a necessidade de preparar a sua juventude para o século 21. Competências de TCI, pesquisa, inovação e resolução de problemas são cada vez mais encaradas como vitais para o sucesso social e económico sustentável do continente.

Os países Africanos também reconheceram o potencial da sua juventude. Microsoft nota este potencial e criou iniciativas atraentes com foco na juventude, incluindo Imagine Cup, AppFactory e Innovate4Good. Esta capacidade dinâmica, associada às perícias necessárias, demonstrou que este continente pode de facto ser um concorrente global no campo da inovação. No entanto, em muitas escolas Africanas, o acesso a meios e o panorama da tecnologia constantemente em mudança ainda permanecem um desafio.

Através de PiL, trabalhámos com governos, líderes do ensino e professores Africanos para manter actualização com a tecnologia. Integrámos tecnologia nas salas de aula em modo significativo – introduzindo não só meios, mas também orientação, tempo e apoio. Conjuntamente, trabalhámos para que a tecnologia fosse uma ferramenta educacional e capacitadora. Uma estratégia de meios na educação sem o conteúdo e desenvolvimento profissional para a complementar está destinada a falhar, e na Microsoft estamos cientes disto. O nosso empenho com os governos Africanos é de lhes fornecer uma experiência educacional holística, pertinente e baseada em valores, pronta para o século 21.

Orgulho-me por afirmar que as salas de aula Africanas estão agora a usar tecnologia para proporcionar experiências de ensino tanto de grupo como individuais; as tabletes e smartphones, entre outros meios, estão a ensinar perícias críticas para o século 21; os professores estão a trabalhar com os colegas nas escolas e mundialmente para partilhar os melhores métodos e encontrar inspiração; e os líderes educacionais tornaram-se agentes de mudança. A tecnologia está a reduzir a dimensão do mundo educacional – e os estudantes beneficiam disto.

10 não é o único marco

Mas uma década a capacitar estudantes e professores não é o único número para celebrar. Nos últimos 10 anos, PiL:

  • Atingiu 12 milhões de educadores em 134 países – 20 dos quais são em África ao Sul do Sara
  • Trabalhou directamente com mais de 20.000 escolas em todo o Mundo para trazer tecnologia, recursos e mais às salas de aula
  • Atingiu mais de 207 milhões de estudantes – 20% da população mundial

Retrospectiva até 2003

Há 10 anos, o objectivo de PiL era de auxiliar educadores a prepararem os estudantes para as profissões do futuro. Presentemente, 10 anos mais tarde, a nossa visão permanece inalterada.  A visão de PiL é constantemente pertinente. Enquanto a tecnologia estiver constantemente a transformar-se – e não há dúvidas que continuará – existirá a necessidade de constantemente preparar estudantes para a força de trabalho global em mudança.

No futuro, Microsoft continuará a investir em PiL. De facto, acabamos de anunciar um prolongamento de 5 anos ao nosso programa, totalizando $750 milhões em 15 anos. Aguardamos ansiosamente a celebração do próximo grande marco – e transformar a juventude de hoje nos líderes de amanhã.