Por: Ali Faramawy, Vice-Presidente Corporativo, Microsoft Médio Oriente e África

Há um provérbio africano que diz “A melhor altura de plantar uma árvore foi há 20 anos. A segunda melhor altura é agora.” Estaamos absolutamente de acordo. Há 20 anos que a Microsoft opera em África, e hoje temos escritórios em 14 países. Ao aguardarmos com expectativa os próximos 20 anos, queremos explorar novas formas de associar o crescimento da nossa empresa a iniciativas que estimulem o desenvolvimento económico do continente. O mundo reconheceu o futuro promissor de África, e a Microsoft quer investir nesse futuro.

É por esse motivo que hoje apresentamos a Iniciativa 4Afrika da Microsoft, que pretende ajudar a melhorar a competitividade de África à escala mundial. É nosso objectivo capacitar os jovens, empresários, programadores e líderes empresariais e cívicos africanos a transformarem grandes ideias em realidade, uma realidade que possa ajudar as suas comunidades, os seus paíss, o continente africano, e o mundo em geral.

Até 2016, a Iniciativa 4Afrika da Microsoft pretende:

- ajudar a colocar dezenas de milhões de dispositivos inteligentes na mão de jovens africanos,

- colocar em linha 1 milhão de pequenas e médias empresas (PME) africanas, e

- ajudar 200.000 Africanos a desenvolverem competências orientadas para o empreendedorismo e a empregabilidade, incluindo a actualização das competências de 100.000 membros da mão-de-obra africana existente, assim como a formação de 100.000 recém-licenciados, 75 por cento dos quais tencionamos ajudar a integrar no circuito de trabalho.

Um dispositivo inteligente e a preço acessível

Actualmente em África os smartphones representam apenas 10 por cento do total de telefones no mercado. Como primeiro passo para incentivar a adopção de dispositivos inteligentes, a Microsoft e a Huawei apresentam hoje o telefone Huawei 4Afrika – um Windows Phone 8 com funcionalidades integrais pré-carregado com aplicações cuidadosamente escolhidas concebidas para África, por Africanos. O telefone Huawei 4Afrika, o primeiro de uma série de dispositivos inteligentes no contexto da Iniciativa “4Afrika” (um jogo de palavras que significa “Para África”), será dirigido a alunos universitários, programadores e utilizadores estreantes de smartphones de modo a garantir que tenham acesso a tecnologia de ponta a preços acessíveis, permitindo-lhes assim terem acesso a informação e ferramentas que precisam para serem activos cidadãos do mundo. (Ver blog associado.)

Mais próximo da conectividade para todos

Somos também parceiros do Ministério da Informação e Comunicações do Quénia e da Indigo Telecom Ltd, prestador de serviços de Internet queniano, num projecto que pretende oferecer banda larga sem fios de alta velocidade e a baixo custo em todo o Quénia. Usando estações de base movidas a energia solar juntamente com espaços brancos de TV, uma tecnologia parcialmente criada pela Microsoft Research, este projecto irá criar acesso à Internet de alta velocidade em zonas onde não há energia eléctrica. Pretendemos implementar projectos-piloto semelhantes na África Oriental e Austral nos próximos meses a fim de explorar mais a fundo a viabilidade comercial da tecnologia de espaços brancos. Estes projectos-piloto serão usados para encorajar outros países africanos a acelerar a adopção de legislação que permita que esta tecnologia de espaços brancos cumpra a promessa de acesso universal – internet sem fios de alta velocidade – para o continente africano. (Ver blog e vídeo associados.)

Colocação em linha das PME

Para ajudar a colocar em linha 1 milhão de PME africanas, será lançado em Abril um novo hub que reunirá serviços gratuitos disponíveis da Microsoft e de muitas outras empresas que podem ajudar estas PME a expandir localmente, encontrar novas oportunidades de negócio fora da sua zona circundante imediata e aumentar a sua competitividade global. Tencionamos ainda oferecer registo gratuito de domínios durante um ano para as PME elegíveis que desejam criar um website profissional. Este hub em linha estará inicialmente disponível em Marrocos e na África do Sul, expandindo-se depois para outros mercados com o decorrer do tempo.

Desenvolvimento de líderes empresariais e intelectuais

A Afrika Academy representa outra iniciativa sob a bandeira da 4Afrika dirigida especificamente ao desenvolvimento de capacidades e competências. Trata-se de uma plataforma educacional que potencia ferramentas de aprendizagem tanto em linha como fora de linha para ajudar os Africanos a desenvolverem competências técnicas e empresariais orientadas para o empreendedorismo e uma maior empregabilidade. Será disponibilizada formação através da Afrika Academy, com início em Março, sem encargos, a estudantes do ensino superior, elites governamentais e comunidade de parceiros da Microsoft.

Por que motivo estamos a fazer isto agora? Quando olhamos para o mundo, muitos vêem a China ou os países BRIC como a próxima grande oportunidade de crescimento. Na Microsoft, consideramos que o continente africano será decisivo na economia mundial. Acreditamos profundamente no potencial da tecnologia para mudar África, mas acreditamos igualmente no potencial de África para mudar a tecnologia para o mundo. Sentimo-nos honrados por plantar esta nova semente em África e, juntamente com a nossa rede de parceiros, aguardamos com expectativa os próximos 20 anos de crescentes oportunidades fantásticas para o continente africano.

Para obter mais informações, por favor consulte http://www.microsoft.com/4Afrika.