Olá tudo mundo,

Vamos fechar com este post a nossa serie sobre a computação em nuvem para arquitetos de TI. Os princípios mencionados durante esta serie fornecem um das regras e diretrizes gerais aplicadas no mercado para suportar à computação em nuvem publico e privada.

Eles são persistentes, raramente alteradas na base do objetivo, e apoiaram a forma como cumpre a sua missão e objetivos. Estes princípios são interdependentes e muitas vezes formam a base sobre a qual uma nuvem é criada.

Vamos se lembrar: Os Sete princípios da computação em nuvem (Private Cloud):

  1. Percepção da capacidade infinita.
  2. Previsibilidade consistente.
  3. Provedor de Serviço de infraestrutura (IaaS).
  4. Resiliência e Redundância garantida e transparente.
  5. Automação e Orquestração dos processos de TI (Run book Automation / RBA).
  6. Otimização de recursos de TI.
  7. Incentivar comportamentos desejados e prevenir mal uso de recursos de TI.

Uma das perguntas mais frequente durante meus visitas aos clientes no Brasil é, como eu posso implementar os sete princípios com as capacidades de TI da Microsoft. Importante ressaltar que não existe uma única solução, várias capacidades são disponíveis e podem ser usadas dependo do nível de maturidade de TI da sua empresa.

Referencia de arquitetura para uma empresa com baixa maturidade de TI – Fase 1

clip_image002

Capacidades:

  • · Percepção da capacidade infinita:
    • Microsoft System Center Virtual Machine Manager Self-Service Portal
  • · Provedor de Serviço de infraestrutura (IaaS):
    • System Center Server Management Suite
  • · Resiliência e Redundância garantida e transparente:
    • Hyper-V Live Migration, Microsoft Cluster Service.

Referencia de arquitetura para uma empresa com alta maturidade de TI – Fase 2

image

Capacidades:

  • · Percepção da capacidade infinita:
    • Sharepoint Portal, Opalis, Custom Applications
  • · Previsibilidade consistente:
    • System Center Server Management Suite , Avicode 5.7
  • · Provedor de Serviço de infraestrutura (IaaS):
    • System Center Server Management Suite, Opalis,
  • · Resiliência e Redundância garantida e transparente:
    • Hyper-V Live Migration, Microsoft Cluster Service.
  • · Automação e Orquestração dos processos de TI (Run book Automation / RBA):
    • Opalis 6.3, System Center Server Management Suite
  • · Otimização de recursos de TI:
    • System Center Server Management Suite, Avicode 5.7
  • · Incentivar comportamentos desejados e prevenir mal uso de recursos de TI:
    • System Center Server Management Suite

Vamos falar mais sobre este assunto,

Markus