Por Daniel Aguiar / Reviewer: Diana Hernandez

Geralmente os administradores que passam por esse tipo de problema são aqueles que possuem um servidor de arquivos que é acessado por múltiplos sistemas operacionais.

Como os diferentes sistemas operacionais, usam diferentes Naming Conventions, você pode ter arquivos criados com um Naming Convention muito diferente do suportado pelo Windows.

O resultado são arquivos bem estranhos e mensagens de erro como na imagem abaixo:

clip_image001

Neste caso, a mensagem "Cannot read from the source file or disk" evidencia que o nome do arquivo atual está fora da convenção de nomes adotada pelo Windows, gerando alguma inconsistência nos arquivos de indexação do NTFS.

Se você precisar remover estes arquivos, o KB320081 pode lhe ajudar bastante, porém existe uma maneira bem simples de removê-los que funciona na maioria dos casos.

Usando o Win16-style

Win16-Style, ou Short File Names, é a antiga convenção de nomes adotada pelos Windows mais antigos.

Está convenção de nomes é bem conhecida pela sua limitação “8.3” (8 caracteres antes do ponto e 3 caracteres depois do ponto).

Isso força que os arquivos tenham um nome diferente do exibido pelo Explorer, ficando acessíveis facilmente via Prompt de Comando.

Para usar o segundo nome (Short File Name), você deve usar o comando "dir /x" para conseguir os Short File Name desses arquivos e então usar os comandos "rd <short FOLDER name>" para remover as pastas e "del <short FILE name>", para remover os arquivos.

clip_image002

Veja que o arquivo com nome sem padrões “._____.N4M1NG...C0NV3NT10N.!@#$" tem seu nome reduzido para "_____N~1.!@#" possibilitando a remoção.

Já a pasta "._" tem seu nome estendido para "_F5E2~1" possibilitando apagá-la.

Esperamos ter ajudado e boas remoções de Non-Microsoft Files!

 

PS: Se você estiver procurando por mais detalhes sobre Naming Convention do Windows você pode encontrar no artigo: Naming a File or Directory