Por Andre Teixeira, Cristhian Uribe e Ricardo Gomez

 

 

Situação

Assim como anunciado, o Windows Internet Explorer 8 terá o modo ‘Standards’ como modo padrão de renderização. Fazer com que o Internet Explorer mostre conteúdos web tendo em vista os padrões de Internet é forma correta de ajudar a Internet a evoluir-se. Este grande passo em um mundo real de interoperabilidade irá permitir que:

  • Web developers e designers sejam ajudados a serem direcionados ao ambiente ideal de ‘escrever uma vez, executar em qualquer lugar’, fazendo com que exista mais tempo disponível para a criação de inovações ao invés de usar o tempo para modificar conteúdos para rodarem em browsers diferentes.
  • Endereçar os principais pontos no que se refere ao desenvolvimento e design de páginas por versões anteriores do Internet Explorer.
  • Criar parcerias com grupos que trabalham com os Standards de Internet a fim de ser um contribuidor importante na evolução dos Standards de Internet

Desde o anúncio desta decisão de fazer dos Standards da Internet uma prioridade, o feedback obtido em comunidades da Internet foram positivos. Contudo, navegar com Internet Explorer 8 no modo Standards pode fazer com que conteúdo escrito para versões anteriores do Internet Explorer sejam mostrados diferentemente do que originalmente esperado. Isto representa a possibilidade de um impacto significante para a satisfação de usuários finais e criadores de conteúdo na web.

Para curto prazo, a ação imediata a ser tomada para donos de sites é ter certeza que os conteúdos irão continuar a serem mostrado sem nenhum problema no Internet Explorer 8. O objetivo é fazer com que usuários finais tenham a melhor experiência possível ao navegar com o Internet Explorer 8 e fazer com que provedores de conteúdo atualizem os sites conforme os Standards quando os mesmos julgarem necessário. Para isso, foi adicionada uma opção de compatibilidade para que desenvolvedores possam fazer com que seus web sites e aplicações sejam mostrados no Internet Explorer 8 da mesma forma que são mostrados no Internet Explorer 7.

A Microsoft publicou uma nota mostrando seu compromisso com os Standards de Internet no Internet Explorer 8, o qual está disponível aqui (link em inglês). Você pode também saber mais sobre os princípios de interoperabilidade da Microsoft aqui (link em inglês).

Sobre o Internet Explorer 8

O Internet Explorer 8 leva a experiência web além da página e introduz uma nova forma de experimentar o melhor da web independente se você é um Web developer escrevendo de acordo com os padrões definidos da Internet ou se é um usuário final descobrindo um novo serviço on-line integrado ao browser – tudo com a vantagem de estar usando o navegador mais seguro, mais compatível e confiável. Foram também dados passos na direção de criar a versão mais rápida disponível do Internet Explorer, fazendo com que o mesmo se inicie rapidamente, permita buscar informações eficientemente e navegação transparente.

O Internet Explorer 8 Beta 1 está disponível em inglês, alemão e chinês no Microsoft Download Center ou via http://www.microsoft.com/ie/ie8.

Maiores informações sobre esta versão, como também informações adicionais do ciclo do Beta podem ser encontradas no Blog do time do Internet Explorer, no Internet Explorer Developer Center e no Internet Explorer 8 Beta 1 Technology Overview.

Sobre os modos de renderização do Internet Explorer 8

O Internet Explorer 8 tem três modos de renderização: “Quirks”: para compatibilidade com páginas e aplicações antigas, “IE7 Standards”: para compatibilidade com páginas projetadas para o Internet Explorer 7 e o “IE8 Standards”: projetado para estar de acordo com os Standards da Internet – preferidos por Web developers e designers.

Os modos “Quirks” e “Standards” são suportados pela maioria dos navegadores modernos com propósito similar. A navegação nestes modos é determinada pela tag DOCTYPE declarado na página web.

Internet Explorer 8 foi projetado para mostrar as páginas da seguinte forma:

  • Páginas codificadas sem DOCTYPE, ou DOCTYPE do modo “Quirks” serão mostradas de maneira similares ao modo Quirks do Internet Explorer 6 e Internet Explorer 7. Mudanças mínimas foram feitas para que o Internet Explorer 8 possa manipular páginas no modo Quirks.
  • Páginas codificadas com um HTML DOCTYPE válido conforme os Standards (ou com um DOCTYPE não reconhecido pelo Internet Explorer) serão visualizadas utilizando o Internet Explorer 8 modo Standards.

Caso uma página web seja declarada para ser visualizada nos modo Standards, o comportamento típico de um navegador é de visualizar a página no mais atual modo Standards disponível por padrão. O Internet Explorer 8 se adere a esta prática mostrando páginas no modo “IE8 Standards” por padrão. Contudo, o meta-tag do “IE7 Standards” sobrepõe esta declaração para que Web developers possam especificamente sinalizarem que páginas sejam renderizadas em modos IE8 Standards ou IE7 Standards, fazendo com que se existam diversas opções de compatibilidade.

Ações a ser tomada por clientes

É aconselhável que desenvolvedores de web sites façam com que seus sites estejam prontos para a adoção do Internet Explorer 8 agora. No terceiro quadrimestre do ano será lançada uma versão Beta que estará disponível para todos os consumidores finais. O objetivo primário é fazer com que os sites sejam atualizados utilizando as tags de compatibilidade o mais rápido possível para ter certeza que a atual experiência dos usuários sejam mantidas. Este comunicado deve ajudá-lo a prepará-lo para informar a clientes que as ações necessárias a serem tomadas sejam realizadas neste momento:

  • ·Atualizar o site para renderizar no modo IE7: Fazer com que o Internet Explorer 8 sempre renderize uma página da mesma forma que o Internet Explorer 7 pode ser realizado simplesmente adicionando uma tag. Não são necessárias mudanças adicionais.

Existem duas formas de fazer isso:

1) Em nível de site, onde o responsável pelo site pode adicionar o seguinte cabeçalho HTTP: X-UA-Compatible: IE=EmulateIE7

2) Em nível de página, onde o responsável pelo site pode adicionar a seguinte tag HTML em cada documento logo após a tag <head>: <meta http-equiv="X-UA-Compatible" content="IE=EmulateIE7" />

Você pode verificar exemplos de ambas as opções no documento “Defining Standards Mode” (em inglês).

Para testar um site após ter sido atualizado com o meta-tag, responsáveis pelo site podem navegar no site utilizando o Internet Explorer 8 Standards para verificar se não existem problemas para que as páginas sejam mostradas corretamente. Para isso, instale o Internet Explorer 8 Beta 1 e então instale a atualização para o Beta 1.

  • (Opcional) Teste o seu site com o Internet Explorer 8 antes de atualizá-lo: Antes de implementar as tags de compatibilidade do Internet Explorer 7, donos de sites podem querer verificar primeiramente como os seus sites irão ser renderizardos pelo modo Standards do Internet Explorer 8 a fim de determinarem a atualização seria necessária. Para isso, instale o Internet Explorer 8 Beta 1 e navegue no sites usando o modo padrão de Standards.

Os problemas mais comuns de renderização incluem layout desalinhados, sobreposição de textos ou images ou elementos de página que desaparecem. Outro ponto de problemas pode ser qualquer lugar na página que faça utilização de JavaScript para modificar o conteúdo da página.

Para confirmar se um problema é resultado do modo Standards do Internet Explorer 8, execute os seguintes passos:

  1. Clique no botão “Emulate IE7” na barra de ferramentas clip_image001 e então reinicie o navegador.
  2. Após ter certeza que o “Emulate IE7” está ativado (o botão está pressionado), navegue no site afetado e verifique se está funcionando corretamente como esperado.
  3. Clique novamente no “Emulate IE7” para desabilitar o modo de compatibilidade do IE7 e reinicie o navegador.
  4. Após ter certeza que o “Emulate IE7” está desabilitado, significando que o browser está agora no modo Standards do Internet Explorer 8, navegue no site afetado. Caso você esteja vendo algum problema, significa que o mesmo é específico do Internet Explorer 8.

Questões e respostas sobre a compatibilidade de sites

Q: Porque o Internet Explorer 8 Standards é o modo padrão de navegação?

Microsoft está reafirmando seu compromisso com a interoperabilidade e padrões de Internet lançando o Windows Internet Explorer 8 com o modo Internet Explorer 8 “Standards” sendo o modo default de renderização. Nós queremos dar um grande passo por um mundo real de interoperabilidade para desenvolvedores através do Internet Explorer 8 – na direção de ‘escrever uma vez, executar em qualquer lugar’ – e o suporte a padrões de Internet está no centro deste direcionamento. Para curto prazo, entendemos que isto cria ações a serem tomadas por responsáveis por web sites para garantir que os sites são compatíveis com o Internet Explorer 8 da mesma forma que são compatíveis com o Internet Explorer 7, sem requerer nenhuma mudança radical no código. Para longo prazo, acreditamos que este é a forma correta de ajudar a web evoluir.

Q: Como a transição do Internet Explorer 7 para o Internet Explorer 8 se compara à transição do Internet Explorer 6 para o Internet Explorer 7?

A transição do Internet Explorer 7 para o Internet Explorer 8 é muito mais fácil. O Internet Explorer 7 não inclui uma opção de compatibilidade com o Internet Explorer 6 para usuários finais. Assim sendo, muitos usuários finais verificaram que páginas construídas para o Internet Explorer 6 não seriam mostradas como esperado no Internet Explorer 7 até que o conteúdo por si só fosse atualizado.

Internet Explorer 8 inclui um modo de compatibilidade com o Internet Explorer 7, significando que adicionando a tag de compatibilidade de site, desenvolvedores terão tempo adequado para se ajustarem à interoperabilidade do modo Standards.

Q: O Internet Exlorer 8 irá utilizar o Windows Genuine Advantage (WGA)?

Não há atualmente planos para o Internet Explorer 8 ter um componente WGA.

Q: O que acontecerá se eu tiver o modo “Quirks” em páginas de meu web site e quiser implementar o cabeçalho http em nível de site?

O cabeçalho http X-UA-Compatible: IE=EmulateIE7 suporta o modo “Quirks”, assim sendo, não será necessário adicionar tags adicionais ou qualquer outra medida.

Q: Ainda poderei utilizar os novos recursos do Internet Explorer 8 como o Activities e o WebSlices no modo de compatibilidade do Internet Explorer 7?

Sim. Os novos recursos do Internet Explorer 8, como o Activities e o WebSlices irão funcionar normalmente no modo de compatibilidade do Internet Explorer 7.

Q: O que irá acontecer se eu não atualizar o meu site para o Internet Explorer 8?

Se navegar em seu site com o modo Standards do Internet Explorer 8 afetar a experiência do site, e as tags de compatibilidade não forem aplicadas ou o site não for atualizado com conteúdo de acordo aos padrões de Internet, usuários precisarão optar pelo modo de compatibilidade do Internet Explorer 7 de dentro do navegador para visualizar o seu site como esperado. No Beta 1, isto é conseguido através do botão EmulateIE7.

Q: Como a disponibilidade da tag do Internet Explorer 7 suportará o objetivo de interoperabilidade da Internet?

Provendo uma opção para um modo de compatibilidade permite que provedores de conteúdo atualizem sites conforme os padrões definidos de Internet de acordo com suas necessidades, enquanto a experiência de usuários é mantida. Nós nos colocamos do lado de Web developers e designers ao assegurar que o Internet Explorer é provido com o conteúdo padrão dentro do DOCTYPE a longo prazo.

Q: O botão EmulateIE7 irá desaparecer?

O Internet Explorer Beta 2 será lançado com uma opção similar para permitir navegação via modo de compatibilidade do Internet Explorer7. É possível que o botão do ‘Emulate IE7’ seja atualizado com um botão diferente na barra de ferramentas ou opção de menu.

Q: Quando o Internet Explorer estará disponível para download?

O Internet Explorer estará disponível para qualquer pessoa no terceiro quadrimestre de 2008. Este lançamento está destinado a todos os consumidores.

Recursos Adicionáis: