O grupo formado por empresas como BEA Systems, BMC Software, CA, Cisco Systems, Dell, EMC, Hewlett-Packard, IBM, Intel, Microsoft e Sun Microsystems submeteu para avaliação do consorcio W3C a especificação do Service Modeling Language (SML) e torná-la um padrão. Essa especificação é um modelo de linguagem comum para definir de forma consistente elementos que compõem um serviço, incluindo aplicações, servidores e redes, e  avançar na interoperabilidade das ferramentas de gerenciamento. Para maiores informações acesse http://www.eweek.com/article2/0,1895,2106829,00.asp